ESTUDAR COM SERIEDADE O ESPIRITISMO OU SER OBREIRO DE JESUS: O QUE MAIS IMPORTA AO CRISTÃO-ESPÍRITA?

Nelson Murilo Madeira Cardoso

Com a propagação das publicações psicografadas pelo médium Chico Xavier, a partir da década de 1930, o Espiritismo no Brasil se popularizou influenciado por teorias pessoais dos Espíritos pseudo-sábios e de formação, sobretudo, católica, principalmente pelo sentido religioso que eles trouxeram; houve uma sintonia entre as comunicações entre os mortos e os dogmas milenares do cristianismo com uma fantasiosa crença na elevação desses Espíritos cristãos, com o cristo da fé e toda a hierarquia clerical desencarnada.

Sincretismo

A prática do sincretismo religioso no Brasil nunca foi uma novidade desde os indígenas até os escravos trazidos da África.  Esta classe tratada como sub-humana era obrigada a reverenciar a fé cristã e para conseguir manter um elo com as suas origens ancestrais, praticavam a religião imposta na presença dos senhores cristãos, fazendo as suas reverências sagradas às escondidas. Assim, com o tempo, a tolerância dos seus “donos” permitiu a mistura ou miscigenação das suas entidades divinas com os santos católicos. O Espiritismo chegou em terras brasileiras dentro deste ambiente religioso historicamente construído e enraizado.  

Sobre esse quadro, vale evidenciar a preocupação dos editores da Revista Espírita, de novembro de 1869, que foi demonstrada no artigo sobre a primeira publicação de um periódico espírita brasileiro (O Eco De Além Túmulo) recebendo o seguinte comentário: “Com efeito, é preciso grande coragem de opinião para criar num país refratário como o Brasil um órgão destinado a popularizar os nossos ensinamentos” e mais adiante, concluindo: “Para nós, o Espiritismo não deve tender para nenhuma forma religiosa determinada. Ele é e deve continuar como uma filosofia tolerante e progressiva, abrindo seus braços a todos os deserdados, seja qual for a nacionalidade e a convicção a que pertençam.” (REVISTA ESPIRITA, 1869).

Além disso, e sobre a falta de seriedade para com o Espiritismo e importância do estudo sério dessa ciência, ressalta-se que em O Livro dos Médiuns, Kardec esclarece: “Dissemos que o Espiritismo é toda uma ciência, toda uma filosofia; aquele que quer seriamente conhecê-lo deve, pois, como primeira condição, sujeitar-se a um estudo sério, e se persuadir de que, como outra ciência, não se pode aprender brincando” (KARDEC, 1861).

Para a maioria das pessoas que hoje frequentam uma casa espírita e a grande parte dos que se dizem espíritas, a crença na comunicação e a reencarnação é o que basicamente os diferencia das outras religiões cristãs. Todo o resto é semelhante, alterando apenas o rótulo.

Jesus dos cristãos-espíritas: “O Governador da Terra”.

O Cristo não é uma face da trindade de Deus, como nas demais religiões cristãs, mas é o representante de Deus na orbe terrestre – eleito, depois de uma reunião intergaláctica, governador do planeta; os anjos continuam sendo os auxiliares diretos divinos; o castigo do inferno foi substituído pelo castigo do umbral; o julgamento dos pecadores, que fará a separação dos crentes e dos infiéis, dos que irão para o céu ou para o inferno, é na nova igreja cristã-espírita a separação que ocorrerá entre os espíritos que ficarão no planeta de regeneração e os que irão para planetas inferiores, quando for efetivada a transição planetária, já anunciada para este século XXI, embora já tenha sido adiada algumas vezes, exatamente como foi adiada, esperada e anunciada a vinda do messias, desde  Paulo de Tarso que o esperou até morrer.

Os rituais sacros das missas e dos cultos hoje estão presentes nas casas espíritas, como orações iniciais e finais de toda e qualquer atividade, na benção de cura da água fluidificada; nas palavras codificadas do espírita como o “assim seja, irmão!” igual ao código de saudação “a paz do cristo” e o “amém”, dos cristãos. Santa Maria não é a mãe de Deus, mas a mãe desse Governador Planetário desde a criação do planeta Terra, e ela intercede pelos espíritas também. Sua imagem está em várias casas espíritas. Os suicidas vão para os vales do horror, os viciados vão para o umbral, o bonzinho vai para o Nosso Lar e o castigo acompanha todos os pecadores, que são chamados de espíritos imperfeitos e inferiores, resultando nas expiações por que passa, e que deve suportar com resignação, sendo a caridade para com o próximo a obrigação para se recuperar dos sofrimentos. Uma troca.

Estudar? Para quê?

A salvação está na campanha do quilo, no atendimento fraterno, nos passes, na doutrinação dos Espíritos infelizes na reunião mediúnica, em ser médium mesmo sem preparo ou estudo algum para receber os obsessores e os “Espíritos superiores” da casa. O papa, os bispos e os cardeais estão presentes no Espiritismo, sem as batas, como os pastores. Fazem suas homilias nos congressos e nas palestras santo-evangélico-espíritas e pregando inspirados na voz dos “representantes” de Deus – os quais se encaixam perfeitamente na categoria de Espíritos sistemáticos.

Estudar os princípios da doutrina espírita não tem necessidade para o que se diz espírita cristão, porque ele está trabalhando como um obreiro de Jesus, do Cristo e da caridade. Seu bônus-hora está registrado para dirimir os seus pecados. É assim que a roda gigante gira, sem sair do lugar, mas dando a sensação do dever cumprido, e a certeza de uma casa mobiliada na colônia espiritual dos Espíritas que lhe espera ao desencarnar.

Ser Espírita assim é fácil demais! Igualzinho à salvação pela fé!

Afinal, já dizia Caminha, em terras brasileiras (coração do mundo e pátria do evangelho segundo o Anjo Ismael), que em se plantando tudo dá!

Bibliografia: Revista Espírita, novembro de 1869, p.475, edição FEB.

                     O Livro dos Médiuns, cap. III – Métodos, Allan Kardec.

2 comentários em “ESTUDAR COM SERIEDADE O ESPIRITISMO OU SER OBREIRO DE JESUS: O QUE MAIS IMPORTA AO CRISTÃO-ESPÍRITA?

  1. As observações são corretas mas não devem ser generalizadas a todos, eu particularmente me permito não seguir a boiada e questiono muito muitas coisas e busco dentro do possível sempre entender melhor o mundo a minha volta sem ferir o outro! Quando buscamos difundir uma ideia devemos ter cautela em não forçar mas apenas apresenta_la com boas atitudes e deixar que
    aqueles que queiram a examinem e sendo útil a eles tomem como meta! Por melhor que seja a minha intenção não posso deixar a minha euforia sufocar o pensar dou outro mesmo que eu julgue ser equivocado!Grande abraço Nelson!

    Curtido por 1 pessoa

    1. Amigo, divulgamos os equívocos cometidos pelo pretenso Espiritismo Brasileiro há mais de um século. Pretenso, pois não é o Espiritismo proposto pelos espíritos e analisados por Kardec. Não se trata de opinião pessoal, nem pretendo ferir suceptibilidades. Entretanto, ao nos posicionarmos como tolerantes e bonzinhos, estamos sobre o muro da conivência. Mostramos que aceitamos as regras criadas com a pretensão de estar fazendo a “caridade”. Estamos enganando a nós mesmos agindo assim. A incapacidade de procurar com autonomia estudar a essência do Espiritismo que poderá nos trazer o crescimento moral, nos mantém atrelados ao grupo dos que desejam apenas tomar o remédio para as suas dores, sem o necessário auto-conhecimento. Há quantos anos repetimos grupos de estudo, reuniões mediúnicas, fluidoterapia, passes, etc… sem nenhum tipo de elevação espiritual para o tarefeiro e muito menos para os “assistidos” e os espíritos que ali estão presentes? Longe de conhecer o Espiritismo, acham que a frequência a casa espírita é a ajuda que necessitam. Vivem essa mentira tanto os dirigentes quanto os demais frequentadores. Não estudam Kardec para saber que a Espiritualidade que está nesta casa dita espírita é formada por afins de seus frequentadores. Não são de espíritos superiores. Esses normalmente se afastam quando não recebem a devida atenção.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.