QUAL A IMPORTÂNCIA DE KARDEC NA REVELAÇÃO DOS ESPÍRITOS.

NELSON CARDOSO
OBRAS DE KARDEC

Outro dia, ao fazer um comentário na rede social de uma determinada casa espírita, sobre as comemorações que ocorrem no aniversário de nascimento de Kardec, disse-lhes que estão querendo fazer mais um dia de natal, ou seja, uma festa para Kardec, sem, entretanto, terem o conhecimento de suas ideias. Responderam que Kardec foi “apenas” o codificador, e a obra dos espíritos seria mais importante. Não tenho dúvida que a doutrina é dos espíritos! Será que Kardec teria sido um repassador de perguntas prontas, do além? Ou os espíritos ditaram tudo, como Deus fez com Moisés? Não nos parece que foi assim. A consistência das perguntas e até das contestações feitas por Kardec, foram decisivas para a qualidade e amplitude da revelação dos Espíritos.

Mas no Brasil, ele é a figura do semblante sério, fixada em quadros nas paredes dos centros espiritas, e em muitos, dividindo o espaço com Jesus, Maria, papas, padres, freiras, médicos, enfermeiras, etc.., devidamente desencarnados. Seus livros, agrupados nas bibliotecas dessas casas, servem para pobres estudos sistemáticos, competindo com os estudos dos livros dos espíritos também sistemáticos, suas opiniões pessoais e ainda, as suas fábulas do folclore espiritual. Assim está colocado Kardec junto com as suas ideias, na maioria das casas espíritas, não sendo, pois, tratado à altura do idôneo pesquisador que buscou em seus questionamentos, as respostas de teor racional, condizentes com a sua capacidade de educador e cientista positivo. Classificar Kardec apenas como o codificador da doutrina espírita e considerá-lo um mero tradutor dos ensinamentos dos espíritos, é desconsiderar a sua capacidade de análise, que sempre usou a razão e o bom senso.

O desinteresse pelo estudo profundo por parte de grande parte dos espíritas, conjugado com a idolatria de figuras famosas que desejam conduzir o espiritismo pelo caminho da religião cristã , está se tornando grave entrave à Doutrina Espírita.

Quais os motivos que levaram essas pessoas, como dirigentes e adeptos, à se afastarem da doutrina, criando um cisma no Espiritismo, tendo sido motivo de alerta por Kardec, em inúmeras ocasiões?

O cisma criado no espiritismo, partiu de alguns dirigentes de casas e de federações, com a ajuda de espíritos cristãos dogmáticos, e as suas ideias mistificadoras. O alerta feito por Kardec foi continuamente desprezado; a mais recente tentativa, dos atuais cardeais e pastores espíritas, foi a de inventar a dita unificação do movimento espírita, com o claro objetivo de unificar, não a doutrina em torno das ideias de Kardec, mas o Espiritismo em torno das suas próprias ideias, banindo dos ambientes públicos, todos os espíritas que não aceitam esta dogmatização religiosa.

Os discursos desses indivíduos, que são idolatrados por ingênuos espíritas, persistentemente cegos em uma crença dogmática, são idênticos aos discursos feitos pela religião cristã: impor o medo e a culpa, para leva-los a assumir um compromisso ilusório de, frequentando a casa espírita, conseguir curar seus males. Este crente, conduzido pelas mãos alheias, não age espontaneamente, mas, seguindo as orientações desses pastores e papas, os faz lembrar das suas dívidas passadas e impõem-lhes o medo, com o intuito de mante-los presos à uma especie de gratidão, que como disse Melaine Klein (1957), é uma a falsa gratidão: “Esta, ao invés de estar ligada à confiança e aceitação do objeto, bem como do reconhecimento do que dele se recebeu e à necessidade de retribuir a gratidão obtida, é primariamente um procedimento que tenta manter controlado o objeto, considerado perseguidor, através do seu aplacamento por meio de conduta aparentemente adequada a oferendas”. Ou seja, existe uma falsa relação de gratidão.

Seguindo este caminho, onde se destaca a falta de conhecimento da sua própria identidade, o crente espírita, ao fazer um atendimento fraterno ou outro tipo de atendimento, nada consegue transmitir, a não ser , além de opiniões pessoais duvidosas, uma cartilha de procedimentos recebidos da casa espirita: formulários para isso, para aquilo, etc…, que, de maneira resumida, exigem a presença constante do atendido na casa, no propósito de convence-lo que somente assim, poderá ser curado, e como retribuição, deverá ficar lá, ad infinitum. Você percebe a semelhança de procedimento em toda igreja cristã? Troca-se a máxima de Kardec, onde é dito que fora da caridade não há salvação, pelo dogma ritualista: “Fora da igreja, não há salvação”!

Muito diferente deste procedimento, Kardec nos diz de forma brilhante: “… a crença apenas, não é suficiente, se ela não oferece resultados e isso, infelizmente, tem ocorrido em muitos casos. Faço referência àqueles para os quais o Espiritismo não passa de um fato, de uma bela teoria, uma letra morta que não produz, na estrutura íntima dessas pessoas, nenhuma transformação, nem em seu caráter, nem em seus hábitos.” (KARDEC, 1862). Não se percebe que a transformação  da pessoa é de foro íntimo, e que o exemplo de vida é o melhor acolhimento. Sobre isso, mais uma vez recorremos à Kardec: “…a melhor maneira de conciliar todos os interesses consiste em evitar tratar de questões que a cada um cabe resolver, e empenhar-se em popularizar os grandes ensinamentos que encontram eco simpático em todos os corações chamados ao batismo da regeneração e ao progresso infinito”. (KARDEC, 1869). (Destaque nosso). O que encontra eco simpático em todos os corações? Certamente é “a doutrina filosófica e moral.” (KARDEC, 1868).

BIBLIOGRAFIA: Viagem Espírita em 1862.

Revista Espírita, novembro de 1868.

Melaine Klein, psicanalista, citação em https://psicanaliseblog.com.br

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.