AS LITURGIAS E OS CULTOS NAS CASAS ESPíRITAS – MAIS UMA VITÓRIA DOS INIMIGOS DO ESPIRITISMO?

NELSON CARDOSO

Quem frequenta ou já foi a uma palestra ou seminário em uma casa espírita, sabe que existe um ritual padrão para antes e para depois do evento. A ambientação, feita com músicas e vídeos contendo mensagens iguais às que recebemos constantemente nas redes sociais, com um teor bem emocional, de preferência. Após, um apresentador da casa, faz a leitura de uma mensagem, normalmente dos famosos espíritos sistemáticos e outra pessoa, faz uma oração, começando quase sempre assim: “Irmãos, fechemos os olhos e elevemos nosso pensamento ao Senhor Jesus, amigo Jesus, Deus pai criador, etc…”, depois ela pede inspiração e bençãos ao palestrante, terminando a oração, com o “amém!” dos espíritas, o famoso “assim seja”. Ao final da palestra, o ritual exige uma nova oração, passes, e água fluidificada

Fiz esta descrição preliminar para que você possa comparar com as instruções de Kardec sobre como proceder nessas reuniões espíritas, incluindo, claro, as palestras. Diz o professor Rivail, que a questão era constantemente levada a ele, e que a resposta não seria apenas sua, mas dos Espíritos eminentes que tratam desse assunto. Mostram eles que: “É sem dúvida, não apenas útil, mas necessário, rogar, por uma invocação especial, uma espécie de prece, o concurso dos bons Espíritos.” (KARDEC, 1862) – (grifo nosso). Pois esta prática, predispõe ao recolhimento importante para uma reunião séria, e em seguida comenta sobre o que chama de “sinais exteriores de culto, pelos quais, certos grupos creem dever abrir suas sessões, e que têm mais de um inconveniente, a despeito da boa intenção com que são sugeridos.” (KARDEC, 1862).

Quais seriam esses inconvenientes que Kardec falou? Vejamos então: sobre a gravidade, respeito e recolhimento necessários nestas reuniões, lembrou ele: “…não devemos nos esquecer de que o Espiritismo se dirige a todos os cultos; que por consequência, não deve adotar as formalidades de nenhum em particular. Nossos inimigos já foram bastante hábeis, apresentando-o como uma seita nova, a fim de terem um pretexto para combate-lo. Não se pode, pois, corroborar essa opinião pelo uso de fórmulas das quais não deixariam de tirar partido, para dizer que as reuniões espíritas são assembleias de protestantes, de cismáticos;(KARDEC, 1862), (grifo nosso).

Uma das maiores preocupações de Allan Kardec, sem dúvida, foi apontar o sentido universalista e fraterno da doutrina espírita. Por isso não aceitou enquadrá-la como mais uma religião. À esse respeito, nos fala: “ O Espiritismo chamando à si todos os homens de todas as crenças, para uni-los sob a bandeira da caridade e da fraternidade, habituando-os a se olharem como irmãos, seja qual for sua maneira de adorar a Deus, não deve chocar as convicções de ninguém, pelos sinais exteriores de um culto qualquer. (…) Para evitar esse inconveniente, que é muito grave, convêm abster-se de toda prece litúrgica, sem excetuar a Oração Dominical, por mais bela que seja. Como ninguém abjura sua religião ao participar de uma reunião espírita, cada um, no seu íntimo e mentalmente, faça a prece que julgar conveniente; mas que nada haja de ostensivo e, sobretudo, nada de oficial.” (KARDEC, 1862), (grifos nossos).

Sugiro que se deva permitir, nas casas espíritas, um tempo, antes de se iniciar a reunião, para que em silêncio, o público possa fazer uma oração, do jeito particular de cada um, sem a condução de ninguém. A leitura de alguma mensagem, se houver necessidade, seja feita de forma sucinta, apenas como uma chamada ao tema da reunião ou da palestra. Não há necessidade de se repetir a oração no final da reunião, nem de dar passes, que devem ser independentes dessa reunião, assim como desnecessária a oferta de água fluidificada ao público, que muito se assemelha à oferta da hóstia e da ceia nas igrejas cristãs. Para uma doutrina de filosofia moral e universalista, as liturgias que atualmente ocorrem nas casas espíritas brasileiras, em todas as reuniões, incluindo mensagens e músicas religiosas, são absolutamente inapropriadas, fugindo das orientações dadas pelos Espíritos.

Lamentavelmente, a falta de estudo aprofundado das obras de Kardec, que é o princípio do Espiritismo, foi substituída pelas opiniões pessoais dos espíritos sistemáticos, como Emmanuel, Joanna de Angelis, Miramez, e tantos outros, sendo suas instruções usadas como regra indiscutível de conduta, nessas casas espíritas. Paralelamente, os dirigentes, normalmente trazendo uma formação religiosa forte, que deveriam superar pelo estudo da doutrina, incorporam rituais de seitas às reuniões, e que quando são palestras, muitas vezes, os palestrantes sintonizam-se com esse atos místicos. Parece que juntam a fome com a vontade de comer. Não é à toa que figuras influentes destas casas, chamam-nas de “templos religiosos“, com base em um suposto “tripé ” que inclui: filosofia, ciência e religião, onde esta última perna seria a mais importante, segundo afirma o antigo padre jesuita Emmanuel, indo a sua opinião, mais uma vez, contra os princípios espíritas.

Bibliografia: VIAGEM ESPÍRITA EM 1862, ALLAN KARDEC.

4 comentários em “AS LITURGIAS E OS CULTOS NAS CASAS ESPíRITAS – MAIS UMA VITÓRIA DOS INIMIGOS DO ESPIRITISMO?

  1. Sou um iniciado na doutrina espirita e percebo duas coisas:
    – parece haver uma campanha intestina para que o Kardecismo seja mais uma entre as mais de dez mil religiões nesse plano terreno. É quase dogmatica está bandeira.
    – quando temos espaço para tocar no assunto, depois de argumentações, di-sse que a perpetuação di Kardecismo precisa se adequar à cultura brasileira.
    Da minha parte, o que me levou ao Kardecismo foi a crença de aprender sob a otica filosófica e científica das mensagens.

    Curtido por 1 pessoa

    1. Perfeito, amigo. Essa dita adequação é na verdade uma deturpação dos princípios que norteiam o Espiritismo. Também costumam usar o termo unificação, para tentar enquadrar a doutrina moral e filosófica, como uma religião. A divulgação do Espiritismo sem dogmas, é o principal objetivo deste site. Juntamente com as novas revelações científicas sobre o Jesus Histórico. Um.abraço.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.