O SOFRIMENTO E A CRENÇA

NELSON CARDOSO

Ao terminar a leitura do livro “O Problema com Deus – As respostas que a Bíblia não dá ao sofrimento”, de Bart Ehrman, resolvi fazer uma pequena análise das conclusões do autor. O seu vastíssimo conhecimento do livro, permitiu verificar quantas visões diferentes, tentam explicar a relação entre Deus e o sofrimento humano. Basicamente são seis explicações diferentes, que constam nos livros da Bíblia hebraica e no Novo testamento. Vejamos, na visão do autor, quais são essas causas:

  1. Punição dada por Deus pelos pecados cometidos – genocídios, defeitos congênitos, como explicar?
  2. Uso do livre-arbítrio pelos homens – Como explicar as catástrofes da natureza, matando milhares de pessoas?
  3. Redenção, trazendo benefícios nas dificuldades enfrentadas – Explica os bebês que morrem de malária, de fome?
  4. Teste de fé – O caso de Jó. Deus assassinou os seus dez filhos, só para ver se Jó o amaldiçoaria, após uma aposta que Deus fez com Satanás, que à época era seu conselheiro.
  5. Forças do mal – forças que se opõe a Deus, oprimem o seu povo – Visão mitológica, da fé cega.
  6. Mistério – O homem não tem direito de questionar o motivo. Mais um capricho da fé cega.

No Novo Testamento, Paulo, como um profeta apocaliptista, acreditava que a ressurreição do Cristo era um sinal claro de que a humanidade estava vivendo seus últimos dias. Segundo Ehrman, Paulo estava certo de que “O perfeito Reino de Deus, no qual não haveria agonia, sofrimento e morte, logo surgiria.” (EHRMAN, 2008).

Deus Cristão

Conforme conversamos no artigo anterior, a visão de Deus como um ser, com aspecto físico e emocional humano, já não é mais compreensível nos tempos modernos, com as descobertas científicas revelando a vastidão dos universos, que já não são apenas um! O problema do dogma religioso sempre foi a estagnação, que jamais acompanhará a dinâmica do progresso da humanidade.

As leis universais, não podem ser confundidas com dogmas religiosos, que são criações de mentes humanas, e depois espalhadas como verdades incontestáveis aos crentes, sem o menor uso da razão.

Neste livro, Ehrman demonstra, assim, os motivos que o levaram, como crente de berço, pastor, professor universitário de teologia e pesquisador da bíblia, reconhecido internacionalmente, a deixar de ser Cristão e tornar-se agnóstico.

O Espiritismo, veio tirar esse véu de mistério e mistificações, pois foi trazido, não como ideia de um homem ou de um tempo, mas por Espíritos, que a nós os desvendaram, por meio das pesquisas de um qualificado e erudito educador: Allan Kardec, utilizando o método de controle universal dos ensinamentos. A revelação dos Espíritos facilita o entendimento da vida, traz esperança aos que padecem de todos esses sofrimentos, e mostra a maneira como a humanidade pode avançar através dos caminhos da fraternidade e do amor incondicional, como na mensagem deixada por Jesus de Nazaré.

A explicação dos milagres, das predições, dos fenômenos, de forma natural, nos conduz à luz da razão, à compreensão da perfeição dos universos e de suas leis imutáveis e eternas, revelando Deus, não mais como um ser imperfeito e poderoso, mas como a inteligência suprema, causa primeira de todas as coisas. A vida passa a ter pleno sentido, pois já não está circunscrita a uma única e rápida passagem pela matéria, para depois julgar o eterno futuro do homem. A igualdade de oportunidades, a lei de causas e efeitos, oferece a liberdade de escolha junto com o compromisso da responsabilidade assumida por cada criatura, respondendo exclusivamente pelos próprios atos.

Bibliografia: O Problema com Deus – As respostas que a Bíblia não dá ao sofrimento – Bart Erhman.

2 comentários em “O SOFRIMENTO E A CRENÇA

  1. Com o espiritismo temos que deixar esse Deus vingativo e malvado que sempre nos foi mostrado, trazemos de muitas outras reencarnações esse sentimento e medo por Deus, são dogmas e mistificações que trazemos,e ainda tem muitos que tem medo de deixar isso para tras e amar o nosso Criador….apesar que ainda temos medo de amar a nós mesmo!!!!! Avante!!!!!

    Curtido por 1 pessoa

    1. Muitas pessoas conseguem ter lucidez em vários aspectos de suas vidas, porém quando analisam os dogmas da religião à que estão ligados, formam um bloqueio mental, provavelmente pelo medo de admitir que nada faz sentido, e ter a possibilidade de ficarem sem apoio e afastados dos amigos. O Espiritismo como religião, no Brasil, leva os seus adeptos às mesmas dificuldades. A fascinação é coletiva!

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.