A ADVERTÊNCIA DE KARDEC AO ESPIRITISMO BRASILEIRO: PROFECIA QUE SE CONCRETIZOU.

NELSON CARDOSO

Na Revista Espírita, Allan Kardec faz referências e transcreve um artigo do jornal bimensal “O Echo d’Além-Túmulo”, número 4, editado na Bahia. Dizendo que é preciso grande coragem de opinião para criar num país refratário como o Brasil, um órgão destinado a popularizar os ensinamentos Espíritas, ele usa o texto na Revista Espírita, para tecer o que chamou de reflexões críticas à questão religiosa, que foi extraída pela sua leitura do artigo daquele periódico brasileiro. Sobre isso, escreve Kardec: “Para nós, o Espiritismo não deve tender para nenhuma forma religiosa determinada. Ele é e deve continuar como uma filosofia tolerante e progressiva, abrindo seus braços a todos os deserdados, seja qual for a nacionalidade e a convicção a que pertençam.” (KARDEC, 1869)

Kardec percebe o escrúpulo do editor do “Echo d’Além Túmulo”, Sr. Luiz Olympio, fazendo menções religiosas, como no trecho em que fala do “Deus-Trino”, e noutro, onde diz que o Espiritismo “É a espada do Arcanjo que vem derrubar árvores e os arbustos da incredulidade, confundindo os materialistas e os ateus” e com bastante cordialidade, Hypolite Rivail conclui: “Não ignoramos que o caráter e a crença daqueles a quem se dirige o Echo d’Além Túmulo devem levar o Sr. Luiz Olympio a manejar certas susceptibilidades. Mas acreditamos, por experiência, que a melhor maneira de conciliar todos os interesses consiste em evitar tratar de questões que a cada um cabe resolver, e empenhar-se em popularizar os grandes ensinamentos que encontram eco simpático em todos os corações chamados ao batismo da regeneração e ao progresso infinito.” (KARDEC, 1869)

Estamos verificando nas palavras de Kardec, a sua visão aguçada da situação do Brasil à época, que era visto como um grande celeiro de rituais místicos e dogmáticos, onde o poder da religião católica era absoluto na sociedade, muito mais do que na sua França. Não que lá o poder religioso não se impusesse também, mas o nível educacional entre os dois povos, fazia a grande diferença.

Vemos claramente, como surgiu a religião cristã-espírita brasileira. O domínio do clero cristão, fez com que, desde o início, os simpatizantes do Espiritismo, procurassem uma forma de sincretismo, para não perder o elo com a religião, então oficial do Brasil, misturando a filosofia moral, fraterna e universal do Espiritismo, com as crenças dogmáticas que vieram a formar a base de nossa sociedade.

Por afinidade, os sacerdotes do passado do Brasil, que catequizaram todas as etnias aqui existentes à ferro e fogo, voltavam como Espíritos e misturavam as suas crenças seculares, com ideias pessoais adquiridas no folclore espiritual, apresentando-as como sendo as ideias que representavam o Espiritismo. Uma prepotência que revelou mais uma vez, as suas inferioridades.

 Diz Kardec com a sua brilhante análise: “Esses erros provêm quase sempre de Espíritos levianos, sistemáticos e pseudosábios, que se comprazem vendo editados seus devaneios e utopias pelos homens que conseguiram ludibriar, a ponto de faze-los aceitar, de olhos fechados, tudo quanto lhes debitam em favor de alguns grãos em meio ao joio. Mas como esses Espíritos nem possuem o verdadeiro saber, nem a verdadeira sabedoria, não podem sustentar por muito tempo o seu papel, e sua ignorância os trai.” (KARDEC, 1862).

Hoje, o desvio dos rumos da Doutrina Espírita, foi consolidado através dos médiuns, palestrantes e Espíritos de sistema, todos de grande apelo público, verdadeiros ídolos religiosos, que por estranhos interesses, divulgam essa miscelânea de ideias, recebendo o apoio irrestrito dos dirigentes da grande maioria das casas espíritas, e se apresentando como caridosos benfeitores do bem. A advertência de Kardec, virou uma profecia que se realizou no Brasil. Até quando?

Bibliografia: Revista Espírita de novembro de 1869, Kardec, p. 474, edição da FEB.

                  Viagem Espírita em 1862, Kardec.

2 comentários em “A ADVERTÊNCIA DE KARDEC AO ESPIRITISMO BRASILEIRO: PROFECIA QUE SE CONCRETIZOU.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.